MEDITAR FAZ BEM

Vós sois a Carta de Cristo 1

March 14, 2020
MEDITAR FAZ BEM
Vós sois a Carta de Cristo 1
Chapters
MEDITAR FAZ BEM
Vós sois a Carta de Cristo 1
Mar 14, 2020
Carlos Elias

VÓS SOIS A CARTA DE CRISTO

“Vós sois a nossa carta, escrita em nosso coração, conhecida e lida por todos os homens, estando já manifestos como carta de Cristo, produzida por nosso ministério, escrita não com tinta, mas pelo Espírito do Deus vivente, não em tábuas de pedra, mas em tábuas de carne, isto é, nos corações.” (2 Co 3:2-3).

parte 1. 

Exercendo pastorado há mais de 20 anos, tenho aprendido muito através da Escritura sobre quem é Deus, quem é a Igreja e quem sãos os cristãos. Obviamente que não sou o único a aprender sobre isso.

É no meio da adversidade que percebemos de fato quem são as pessoas e quais são as suas prioridades. Alguns se aproveitam de momentos assim para sua auto-promoção. Outros deixam claro que sua prioridade é o vil metal, e tudo avaliam e decidem orientados pelo poder do capital.

Quando pessoas adoecem na minha comunidade, “quase” sempre sou acionado. Alguns até dizem: Pastor Socorro! Me ajude, a saúde está um caos. Com muito esforço conseguimos ajudar e raríssimas vezes conseguimos mudar essa realidade.

Quando as pessoas sofrem por consequência das enchentes e alagamentos, recorrem a igreja. Nos mobilizamos, nos organizamos e vamos ao encontro das pessoas para ajudar. As doações e ações ajudam muito.

No luto ou na dor, sepultamento ou nascimento, em meio ao sofrimento nós (igreja) estamos lá. Somos a presença de Deus, revelando um Deus bastante pessoal e presente.

Quando Deus veio ao mundo para se manifestar, o fez através de um homem chamado Jesus Cristo. Quando decidiu nos dar a Sua Palavra Sagrada, escolheu homens e os “Inspirou” pelo poder do seu Santo Espirito. Foi através dos discípulos de Jesus, de sua coragem e ousadia que Evangelho chegou até nós. Deus sempre usou os homens e se manifestou através deles.

Aqui estamos nós! É a nossa vez. Somos a igreja contemporânea. Somos a igreja deste tempo para este tempo.

O mundo atravessa um momento bem difícil. Do oriente ao ocidente muita coisa acontecendo ao mesmo tempo. No Brasil, muita chuva, muita água, falta de água potável, e um vírus bastante singular chegou para ampliar as dificuldades.

O que fazer? Não devemos amplificar a dificuldade. Não vai ajudar. Devemos simplificar as ações e não complicar.

Vamos andar por veredas antigas, por caminhos que já trilhamos como Igreja de Cristo:

- Vamos confiar em Deus e no seu poder. Deus está no controle!

- Vamos confiar em tudo o que está revelado na Sagrada Escritura.

- Vamos observar o que dizem as nossas autoridades constituídas como nos ensina a Bíblia.

- Vamos ouvir atentamente o que dizem os nossos pastores e bispos.

- Vamos ser a carta viva que o mundo precisa ler.

Nessa semana tomei ciência de decretos publicados pelo Prefeito da cidade e pelo Governador do Estado do Rio de Janeiro. Após ler, analisar, submeter a Deus a questão, tomei junto com um grupo de irmãos uma decisão. Por que fiz isso? Por que me lembrei, que quando as coisas ficam difíceis, as pessoas cobram a presença e atuação do Governo e do Estado. Quando adoecemos, corremos direto para a emergência do hospital. Quando a saúde está doente, muita gente recorre a igreja e aos seus lideres para pedir socorro.

Continua na parte 2

Quem tem ouvidos ouça!

Carlos E S Santos.

Show Notes

VÓS SOIS A CARTA DE CRISTO

“Vós sois a nossa carta, escrita em nosso coração, conhecida e lida por todos os homens, estando já manifestos como carta de Cristo, produzida por nosso ministério, escrita não com tinta, mas pelo Espírito do Deus vivente, não em tábuas de pedra, mas em tábuas de carne, isto é, nos corações.” (2 Co 3:2-3).

parte 1. 

Exercendo pastorado há mais de 20 anos, tenho aprendido muito através da Escritura sobre quem é Deus, quem é a Igreja e quem sãos os cristãos. Obviamente que não sou o único a aprender sobre isso.

É no meio da adversidade que percebemos de fato quem são as pessoas e quais são as suas prioridades. Alguns se aproveitam de momentos assim para sua auto-promoção. Outros deixam claro que sua prioridade é o vil metal, e tudo avaliam e decidem orientados pelo poder do capital.

Quando pessoas adoecem na minha comunidade, “quase” sempre sou acionado. Alguns até dizem: Pastor Socorro! Me ajude, a saúde está um caos. Com muito esforço conseguimos ajudar e raríssimas vezes conseguimos mudar essa realidade.

Quando as pessoas sofrem por consequência das enchentes e alagamentos, recorrem a igreja. Nos mobilizamos, nos organizamos e vamos ao encontro das pessoas para ajudar. As doações e ações ajudam muito.

No luto ou na dor, sepultamento ou nascimento, em meio ao sofrimento nós (igreja) estamos lá. Somos a presença de Deus, revelando um Deus bastante pessoal e presente.

Quando Deus veio ao mundo para se manifestar, o fez através de um homem chamado Jesus Cristo. Quando decidiu nos dar a Sua Palavra Sagrada, escolheu homens e os “Inspirou” pelo poder do seu Santo Espirito. Foi através dos discípulos de Jesus, de sua coragem e ousadia que Evangelho chegou até nós. Deus sempre usou os homens e se manifestou através deles.

Aqui estamos nós! É a nossa vez. Somos a igreja contemporânea. Somos a igreja deste tempo para este tempo.

O mundo atravessa um momento bem difícil. Do oriente ao ocidente muita coisa acontecendo ao mesmo tempo. No Brasil, muita chuva, muita água, falta de água potável, e um vírus bastante singular chegou para ampliar as dificuldades.

O que fazer? Não devemos amplificar a dificuldade. Não vai ajudar. Devemos simplificar as ações e não complicar.

Vamos andar por veredas antigas, por caminhos que já trilhamos como Igreja de Cristo:

- Vamos confiar em Deus e no seu poder. Deus está no controle!

- Vamos confiar em tudo o que está revelado na Sagrada Escritura.

- Vamos observar o que dizem as nossas autoridades constituídas como nos ensina a Bíblia.

- Vamos ouvir atentamente o que dizem os nossos pastores e bispos.

- Vamos ser a carta viva que o mundo precisa ler.

Nessa semana tomei ciência de decretos publicados pelo Prefeito da cidade e pelo Governador do Estado do Rio de Janeiro. Após ler, analisar, submeter a Deus a questão, tomei junto com um grupo de irmãos uma decisão. Por que fiz isso? Por que me lembrei, que quando as coisas ficam difíceis, as pessoas cobram a presença e atuação do Governo e do Estado. Quando adoecemos, corremos direto para a emergência do hospital. Quando a saúde está doente, muita gente recorre a igreja e aos seus lideres para pedir socorro.

Continua na parte 2

Quem tem ouvidos ouça!

Carlos E S Santos.

×

Listen to this podcast on